Dores nas pernas – O que pode ser?

Quando falamos sobre dores nas pernas, é muito comum associarmos com problema de varizes, mas na verdade nem sempre é isso.

Possíveis causas das dores nas pernas

Dores nas pernas - O que pode ser?

Existem problemas vasculares e os problemas arteriais que causam dores nas pernas, porém focaremos em outras causas das dores nas pernas.

Um desses problemas é a biomecânica errada, responsável por causar sobrecarga nas nossas articulações e músculos. A biomecânica envolve todos os nossos movimentos, ou seja, ficar em pé, caminhar, correr, etc. Um exemplo muito comum da influência biomecânica nas dores das pernas são os corredores de ruas que se queixam de dores após correrem. Outros exemplos são as pessoas que sentem dor depois de caminhar por muito tempo ou após ficarem por longos períodos em pé.

Outro fator que também causa dor é o edema ou inchaço. O inchaço não é causado somente por varizes, podendo ter relação também a fatores hormonais, questões posturais, à alimentação, à fraqueza muscular, etc. Todo esse conjunto de fatores está relacionado com a formação de inchaço nas pernas, e esse edema comprime estruturas nervosas das pernas resultando em dor.

Dores nas pernas - O que pode ser?

Outra causa de dores nas pernas é a dor miofascial . Essa dor é resultante da sobrecarga sobre o músculo fazendo ele entrar em tensão constante com a presença de pontos-gatilhos.

Mais um fator que pode causar dores nas pernas de modo geral, é a artrose que pode estar presente no joelho, no quadril e/ou nos pé. Trombose também pode ser uma dessas causas, mas é uma doença mais grave que necessita de cuidados médicos intensivos.

Problemas na coluna também podem gerar dores nas pernas, além do que já foi citado. Na coluna, existe a saída de raízes nervosas que inervam os músculos e as estruturas das pernas. Então, uma compressão dos discos da coluna pode causar irradiação dolorosa para a suas pernas.

E também a neuropatia diabética pode causar dores nas pernas, que acaba sendo uma doença mais comum do que imaginamos. Um dos principais sintomas da neuropatia diabética é formigamento tanto nos pés como nas mãos dos pacientes com diabetes crônica não controlada.

Dores nas pernas - O que pode ser?

Quando devo me preocupar com essas dores

Fique atento aos seguintes sinais de alerta para dores nas pernas:

  1. Dor muito forte na perna, surgindo de forma repentina
  2. Presença de vermelhidão e/ou inchaço
  3. Presença de febre e até mesmo falta de ar
  4. Dor repentina que faz você mancar

Na presença desses sinais, deve-se procurar um pronto-socorro. Na desconfiança de trombose ou de doenças arteriais graves, é essencial procurar atendimento medico o mais rapidamente possível.

Dores nas pernas - O que pode ser?

Por outro lado, se você apresenta uma dor “cansada”, que vai piorando devagarzinho e, além disso, está sedentária, fica muito tempo parada, alimenta-se mal, está com sobrepeso, não se preocupe em procurar um hospital. Essa dor DEVE ser tratada, mas em nível ambulatorial.

Encaminhamento para um fisioterapeuta

Quando alguém é encaminhado para um fisioterapeuta, o primeiro passo da avaliação é a anamnese. A anamnese é o questionário que será feito no início da avaliação. Serão questões sobre as características da dor, como é seu dia a dia, se você é mais ativo ou sedentário, entre outras coisas.

Dores nas pernas - O que pode ser?

Na mesma avaliação, o fisioterapeuta avalia como está a mobilidade (o quanto o paciente consegue mexer as articulações) e a força muscular (o quanto a pessoa consegue mexer a perna). Também será realizada a avaliação postural e a análise biomecânica dos movimentos, avaliando onde estão os desvios que podemos melhorar no tratamento.

Ao final da avaliação, fechamos o diagnóstico da fisioterapia, que é um diagnóstico funcional, e definimos o melhor tratamento a ser seguido. É muito comum que o paciente apresente mais de um problema que cause dores nas pernas: sobrecarga articular, dor miofascial, edema, fraqueza muscular, artrose e até mesmo problemas na coluna. Muitos desses pacientes apresentam varizes, mas essa não é a principal causa da dor.

Não espere a dor se tornar muito frequente para buscar atendimento médico. Procure um especialista e evite a automedicação.

Autora: Débora Duarte 







Gostou do artigo? Deixe o seu comentário:

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Não é permitida publicidade (links, banners, etc) na plataforma. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.

Entre em contato pelo WhatsApp! (11) 96581-5547
Porquê vale a pena um médico particular ?
Porquê fazer um exame no particular ?