O Doppler é uma técnica de exame de ultrassom que utiliza-se do efeito doppler da física, o mesmo que faz o som da sirene de uma ambulância ser de um jeito quando ela está vindo no seu trajeto e modifica o som depois que ela te ultrapassa. A ultrassonografia normal cria imagens com base na reflexão de ondas de som essas imagens podem até ser dinâmicas e apresentar movimentos, como o movimento de um pé ou de um braço de um bebê. Mas é somente através do Doppler que é possível mensurar a velocidade do fluxo sanguíneo, seja arterial ou venoso, ou até mesmo captar perturbações nesse fluxo como êmbolos ou bolhas. Associado as imagens do ultrassom também é possível estudar as paredes dos vasos, permitindo visualizar aneurismas, trombos e placas.

Doppler Arterial de Membros: O Doppler arterial de membros, seja de membros superiores ou de membros inferiores, têm o objetivo de avaliar o correto fluxo sanguíneo nas artérias dos membros. Através desse exame é possível detectar pontos de estenose arterial, o que significa estreitamento da artéria, tipicamente por uma placa de gordura ou uma placa calcificada. A partir dessa estenose o sangue começa a passar com uma velocidade muito maior em relação a que ele vinha anteriormente, igual a força da água de uma mangueira que sai mais fraca quando não tenho obstrução na ponta e muito mais forte quando colocamos o dedo na ponta da mangueira, deixando um pequeno espaço para a água passar. Além disso é possível verificar pontos de completa obstrução do fluxo sanguíneo que demonstra a oclusão dos vasos arteriais. Através desse Doppler também é possível detectar ramos colaterais e até mesmo novas artérias que nascem para irrigar os tecidos quando uma outra está ocluída. Também é possível visualizar aneurismas dessas artérias.

Doppler Venoso de Membros: O Doppler venoso de membros seja membro superior ou membros inferiores mas tipicamente membros inferiores, é utilizado para detectar trombos dentro das veias, que são as tromboses, insuficiência venosa ou insuficiências de válvulas venosas, que significam que está acontecendo regurgitamento do sangue venoso e as veias não estão cumprindo suas funções e até mesmo dilatações das veias que são as veias varicosas. O exame também pode detectar presença ou ausência do fluxo venoso.

Doppler de Artérias Renais: O doppler das artérias renais é muito utilizado na investigação de causas de hipertensão arterial pois quando há uma estenose das artérias o rim acaba respondendo com uma mudança da sua fisiologia que leva a consequência do aumento da pressão arterial. O doppler de artérias renais também é utilizado para saber se o rim está sendo bem perfundido, ou seja saber se o sangue está passando bem dentro dele ou não, e assim explicar algumas tipos de patologias renais.

Doppler de Artérias Ilíacas: O Doppler de artérias ilíacas, que sempre é realizado com o doppler de artéria aorta e ultrassom das paredes vasculares, é extremamente importante para avaliar dor em membros inferiores especialmente com característica de marcha claudicante que é um tipo de dor que acomete a pessoa no momento que ela caminha por mais tempo, então ela tem que fazer uma pausa para melhorar a dor, volta a caminhar e novamente volta a piorar a dor, o que leva a nova pausa. Isso é marcha claudicante. Com o doppler de artérias ilíacas também é possível detectar aneurismas de aorta e trombos na parede das artérias ou até mesmo pseudoaneurismas.

Doppler  de tireoide: O Doppler da tireoide auxilia na estratificação do risco dos nódulos tireoidianos pois com ele é possível saber se um nódulo é extremamente perfundido pelo sangue ou não ou se é irrigada apenas na sua borda e não no centro ou se tem outras características de irrigação que possam indicar há possibilidade de ser um nódulo maligno. Através de critérios relacionados ao doppler associado com ultrassom da tireoide temos uma escala de classificação TiRADs que diz qual é a probabilidade daquele nódulo ser maligno e como deve ser o acompanhamento dele.

Realizado por Renata Chehin, Carolina Travassos

Referências:
Ultrassom diagnósticos














Entre em contato pelo WhatsApp! (11) 96581-5547
Porquê vale a pena um médico particular ?
Porquê fazer um exame no particular ?