A definição de personalidade, em síntese, é o conjunto de comportamentos relativamente estáveis que caracterizam um determinado indivíduo. Os transtornos de personalidade referem-se a padrões de pensar e de sentir sobre si mesmo e sobre os outros e que afetam de maneira significativa e adversa o funcionamento do indivíduo nos vários aspectos da vida (1).

Na última edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de transtornos mentais, DSM-V, o transtorno de personalidade é definido como um padrão crônico tanto da percepção interna quanto de comportamento observável em pelo menos dois dos quatros seguintes: domínios de sintomas: cognitivo-perceptivo, regulação do afeto, funcionamento interpessoal ou controle do impulso (2). Normalmente podem ser  classificados em três grupos: grupo A (estranho/excêntrico) que englobam o esquizóide, esquizotípico e paranoide; grupo B (dramático) que são representados pelo borderline, histriônico, antissocial e narcisista e o  grupo C (ansioso/receoso), que são o dependente, esquiva e o obsessivo-compulsivo (ou anancástico)(2).

Discute-se a causa dos transtornos de personalidade envolvendo causas ambientais, genéticas e neurobiológicas.

Geralmente, o indivíduo com transtorno de personalidade chega ao atendimento trazido por familiares ou procura tratamento devido à queixa de outros sintomas como depressão, ansiedade, abuso de drogas, dificuldades no relacionamento interpessoal, problemas com justiça, dor crônica ou sintomas somatoformes em muitos casos não percebem ou tem crítica do sofrimento que provoca nos outros.

Não há um tratamento medicamentoso específico para o transtorno de personalidade, o tratamento farmacológico nestes casos é realizado visando a melhora dos sintomas como ansiedade, depressão, impulsividade que podem estar presentes.,  A Terapia psicológica é fundamental no protocolo  e assim serão exercidos a empatia, as habilidades sociais, a capacidade de resiliência e o controle de impulsos, entre outras demandas que prejudicam seu cotidiano.

Referências:

1. Schrift, MJ Transtornos de personalidade BMJ Best Practice 2019.

2. American Psychiatric Association. Diagnostic and statistical manual of mental disorders, 5th ed. Arlington, VA: American Psychiatric Association; 2013

3. https://doi.org/10.106/j.pop2007.05.008

Entre em contato pelo WhatsApp! (11) 96581-5547
Porquê vale a pena um médico particular ?
Porquê fazer um exame no particular ?